in

Homem é preso acusado de jogar botijão de gás do último andar do prédio e matar morador de rua

No Rio de Janeiro, um homem em situação de rua morreu depois de ser atingido por um botijão de gás, arremessado do 11º andar de um prédio. O homem atingido na cabeça andava pela calçada e morreu na hora.

Renilson da Silva Souza foi preso suspeito de jogar o botijão da janela. Ele teria sido contratado pelo zelador para fazer reparos na estrutura do prédio e, segundo moradores, desde a manhã estaria jogando vários objetos pela janela. Um carro foi, inclusive, atingido por um aparelho eletrônico.

Veja os detalhes no vídeo acima.